Redirecionamento

javascript:void(0)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Comitê gestor realiza curso de capacitação de multiplicadores do Plano ABC

O Comitê Técnico Gestor do Pisa (CTG)- Projeto deProdução Integrada de Sistemas Agropecuários realiza um curso introdutório de capacitação dos multiplicadores do Plano ABC – Agricultura de Baixo Carbono. O ABC em 2012 substituirá o Pisa. O curso acontece no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), em Palmas, com a presença de representantes das instituições membros do comitê.

A coordenação do projeto é de responsabilidade da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário do Estado do Tocantins, representada pela Diretoria de Desenvolvimento Agropecuário, através do Engenheiro Agrônomo, Fernando Fernandes Garcia. Segundo ele, o curso irá abordar temas tecnológicos como o Sistema de Plantio Direto (SPD), Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF), recuperação de pastagens e ainda sobre as linhas de créditos especiais para os produtores que aderirem ao Plano.

"O objetivo é apresentar o programa ABC a profissionais atuantes no setor agropecuário, bem como os conceitos e fundamentos de tecnologias conservacionistas, que propiciam a redução da emissão de gases de efeito estufa pela agropecuária, visando a formação de multiplicadores desse conhecimento junto ao setor produtivo", explica Garcia, completando que o ABC está entre as atividades prioritárias do Governo do Estado, inclusive já incluso no PPA – Plano Plurianual de 2012 e a Seagro contribuirá efetivamente na coordenação do projeto.

O curso será limitado para 50 pessoas, sendo o público alvo os engenheiros agrônomos e florestais, médicos veterinários, zootecnistas, técnicos e profissionais indicados pelas instituições que compõem o Comitê Gestor.

Comitê

Participam do Comitê Gestor além da Seagro, o Ministério da Agricultura, o MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário, IFTO, Ruraltins, OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras – UFT – Universidade Federal do Tocantins, Unitins Agro, Facto – Faculdade Católica do Tocantins, Embrapa, Coapa – Cooperativa Agroindustrial do Tocantins, Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Banco do Brasil, Banco da Amazônia, Sebrae, Superintendência Federal da Agricultura.

Plano ABC

A meta do plano é minimizar os gases de efeito estufa no campo, nos próximos 10 anos. O programa prevê aplicação de R$ 2 bilhões em técnicas que garantem eficiência no campo. Estão garantidos recursos a agricultores e cooperativas, com limite de financiamento de R$ 1 milhão por beneficiário. O crédito será financiado com taxa de juros de 5,5% ao ano e prazo de reembolso de 12 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário