Redirecionamento

javascript:void(0)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Parceria para desenvolvimento de combustíveis

A Petrobras e a montadora MAN assinaram nesta quarta-feira (14/12) um memorando de parceria para o desenvolvimento de projetos no campo de combustíveis e combustão em motores de veículos pesados. A parceria visa a unir a experiência da Companhia no desenvolvimento de combustíveis à da MAN em motores a combustão para o estudo em conjunto de novas tecnologias. As equipes das empresas também trabalharão, por exemplo, para criar um modelo de cálculo do fenômeno da combustão, tendo como base as propriedades físico-químicas dos combustíveis brasileiros. Um dos objetivos é desenvolver combustíveis e motores mais eficientes e com menor emissão de poluentes, capazes de atender às demandas de uma mobilidade sustentável.

Com a entrada de novas tecnologias automotivas para o segmento de veículos pesados no país, em especial o uso de sistema de pós-tratamento dos gases de escapamento, e sendo o combustível nacional disponibilizado em diferentes teores de enxofre, a Petrobras considera muito importante estudar o desempenho de seus produtos nestas novas tecnologias. Com a obrigatoriedade da redução do teor de enxofre para 50 ppm em 2012 e 10 ppm em 2013, a parceria com a MAN será fundamental para estudos desse novo cenário no Brasil.

Sobre a MAN

A MAN Latin America foi criada oficialmente em 16 de março de 2009, com a aquisição da Volkswagen Caminhões e Ônibus pela MAN SE (empresa mãe do Grupo MAN). No Brasil, os veículos da MAN Latin America são montados na cidade de Resende (RJ). A fábrica possui hoje quase sete mil colaboradores e uma capacidade total de produção de 82 mil veículos por ano. É a maior fabricante de caminhões e a segunda maior de ônibus da América do Sul.

Em 2010, foram emplacados 45.319 caminhões da marca Volkswagen, assegurando a liderança tanto no segmento acima de cinco toneladas, com 29,1% de participação, quanto no mercado com mais de 3,5 toneladas, com 28,7%. A diferença em relação à marca segunda colocada foi superior a 4.400 unidades. Em ônibus, a linha Volksbus assegurou a vice-liderança em licenciamentos, com 7.523 licenciamentos, participação de 28,7% e aumento de 23% em relação a 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário