Redirecionamento

javascript:void(0)

sábado, 10 de dezembro de 2011

Expedição na Amazônia refaz caminhos do velejador Sir Peter Blaker

Uma expedição para marcar a morte do velejador Sir Peter Blake, da Nova Zelândia, assassinado há dez anos nas proximidades de Macapá, cruza os rios da região. A Worldwise New Zelândia pretende documentar os lugares por onde o velejador passou, mostrando a Amazônia para o mundo.

O ambientalista Peter Blake, competidor, explorador e defensor das águas do planeta, morreu assassinado na Amazônia depois de navegar por quase todas as regiões do mundo e ter sido condecorado três vezes pela rainha da Inglaterra. No dia 5 de dezembro de 2001, a expedição, comandada por ele, foi abordada por assaltantes, a 15 quilômetros de Macapá, quando o explorador levou um tiro. A morte de Peter Blake, na ocasião, causou comoção mundial, principalmente em sua terra natal.